QUEM SOMOS

VISÃO: Ser  a instituição referência do desenvolvimento do Turismo Regional com cultura empreendedora, educacional e organizacional.
 
MISSÃO: Atuar por desafios e interesses comuns, desenvolvendo competências, integrando lideranças mediante projetos com ações de transformação social pela geração de renda e valorização das pessoas pelo desenvolvimento do Turismo.
 
A RETUR - Rede de Turismo Regional é qualificada como OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, instituição sem fins lucrativos, de caráter social, de direito privado com autonomia administrativa e financeira regendo-se pelo estatuto e pela legislação nos termos da lei número 9.790/99, em 06 de outubro de 2003.
 
Responde pela Instância de Governança do Turismo no Noroeste do Paraná - junto ao Ministério do Turismo e Secretaria Estadual do Esporte e do Turismo desde novembro de 2006  e coordena os projetos regionais Costa Rica, Caminhos Ingá, Rota Morros & Colinas e Corredor do Ivaí.
 
Conveniada junto as instituições:
UEM - Universidade Estadual de Maringá
UNESP / SP – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/ Rosana
 
Participa como membro conselheiro, nos:
Conselho Estadual do Turismo do Paraná
Conselho Municipal do Turismo de Maringá
Conselho Consultivo da APA Federal da Ilhas e Várzeas do Rio Paraná do Corredor Caiuá – Ilha Grande.
Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Ivaí e Paraná I
Mantenedor do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau
Reconhecida com a Lei Utilidade Pública Estadual 17.142/2012
Reconhecido com a Lei Utilidade Pública nos municípios:
Diamante do Norte ...........................LEI     39 / 2007
Querência do Norte ..........................LEI   572 / 2008
Maringá......................................... .LEI 8653 / 2010
 
 
Breve histórico da RETUR
Em 1998 a Rede de Turismo Regional surgiu na região de Campo Mourão a partir da implantação do PNMT - Programa Nacional da Municipalização do Turismo/Governo FHC, com a realização do I Seminário Estratégico “Rede de Turismo Regional” com foco nos municípios da região da COMCAM, polarizado por Campo Mourão.
Em 1999 foi realizado o II Seminário Estratégico dando seguimento ao processo de articulação, interação e integração de esforços afins numa estrutura de “rede”.
Com o surgimento de empreendimentos rurais no turismo, a RETUR criou o GETER-Grupo de Empreendedores de Turismo no Espaço Regional no ano de 2000 que ganhou o caráter de uma verdadeira Escola para Empreendedores do Turismo Rural e tem ampla visibilidade com edição de mapas indicativos de lazer, para promoção e comercialização do segmento com abrangência macro-regional.
Cabe registrar que o GETER foi e tem sido objeto de monografias e teses acadêmicas pelo significado histórico na integração empresarial rural em uma Rede de Negócios do Turismo.
Em 30/09/2003 foi finalmente institucionalizada a RETUR-Rede de Turismo Regional como OSCIP-Organização da Sociedade Civil de Interesse Público com sede em Maringá.
A RETUR de maneira pioneira desenvolveu a idéia da Regionalização do Turismo Sustentável com o Projeto Costa Rica, que abrange os municípios da AMUNPAR-Região de Paranavaí (Querência do Norte, Porto Rico, São Pedro do PR, Nova Londrina, Marilena, Diamante do Norte, Terra Rica, Santo Antônio do Caiuá, Jardim Olinda), e da AMUSEP-Região de Maringá (Itaguajé e Santo Inácio), ao assumir tal desafio a RETUR vem dedicando-se intensamente, conquistando e mantendo importantes parcerias com as prefeituras municipais, iniciativa privada e sociedade organizada.
Em 2006 a RETUR-Rede de Turismo Regional iniciou o Projeto Corredor do Ivaí que abrange vários municípios da AMUSEP, COMCAM, AMUNPAR e AMERIOS. Esta iniciativa conquistou junto à Assembléia Legislativa do Paraná a Lei nº 15666/2007 instituindo 21 de abril como o “Dia Estadual do Rio Ivaí”.
No final ainda de 2006 atendendo ao chamado da SETU-Secretaria Estadual do Esporte e do Turismo e municípios interessados no Programa de Regionalização do Turismo, a RETUR assumiu a missão de atuar como Instância de Governança Regional do Turismo na região Macro-Noroeste do Paraná.
 
Destaque
Com o objetivo de diagnosticar o desempenho das Instâncias de Governança do Turismo que atuam no Estado do Paraná, a Secretaria Estadual do Turismo, em parceria com o SEBRAE, contratou a empresa BRAIN – Bureau de Inteligência Corporativa para serviços de consultoria, cujo relatório divulgado no dia 15/12/2009 em Curitiba, identificou as melhores práticas considerando as áreas: Cultura da Governança, Estrutura da Governança, Planejamento Estratégico e Marketing e Relacionamento, tendo sido considerada nesta avaliação institucional como a melhor governança turística do Estado do Paraná, tendo como pontos fortes: Estrutura Física e Humana da Instância, Facilidade de Comunicação, Credibilidade da Instância e o Presidente da Instância com grande rede de contatos.
 
Dia do Turismo Regional
O Prof. Jacó Gimennes quando Secretário de Industria, Comercio e Turismo de Campo Mourão, ousou na construção de uma nova dimensão de negócios regionais pelo Turismo, aproveitando o movimento pela gastronomia típica puxado pelo Carneiro no Buraco e pelo surgimento das pousadas rurais: Água Azul - Fênix, A Fazendinha - Campo Mourão e Parque das Gabirobas - Roncador. Em maio de 98 nas dependências da FECILCAM foi realizado o seminário estratégico "Rede de Turismo Regional" que fez a integração de 10 municípios e aproximação de diversos empreendedores. Em maio de 2003 é criada em Maringá a OSCIP - Rede de Turismo Regional e em 06 de outubro de 2003 a mesma é reconhecida pelo Ministério da Justiça.
Este processo histórico, motivou o deputado Douglas Fabrício (PPS) a criar o Dia DO TURISMO REGIONAL, pela lei 17.182/2012, sendo  o Paraná  o primeiro estado

Rede de Turismo Regional © 2015